(11) 2605-9302 / 3486-4872


  • Código 674

  • Código 638

  • Código 574

  • Código 573

  • Código 569

  • Código 541

  • Código 540

  • Código 535

  • Código 532

  • Código 530

  • Código 528

  • Código 521

  • Código 517

  • Código 516

  • Código 513

  • Código 512

  • Código 511

  • Código 510

  • Código 504

  • Código 503

  • Código 501

  • Código 500

  • Código 457

  • Código 456

  • Código 442

  • Código 440

  • Código 441

  • Código 439

  • Código 271

  • Código 270

  • Código 213

  • Código 214

  • Código 212

  • Código 211

  • Código 209

  • Código 208

  • Código 206

  • Código 205

  • Código 202

  • Código 200

  • Código 198

  • Código 196

  • Código 194

  • Código 184

  • Código 185

  • Código 183

  • Código 182

  • Código 181

  • Código 180

  • Código 179

  • Código 93

  • Código 92

  • Código 87

  • Código 86

  • Código 84

  • Código 81

  • Código 77

  • Código 76

  • Código 75

  • Código 74

  • Código 73

  • Código 71

  • Código 63

  • Código 62

  • Código 61

  • Código 60

  • Código 59

  • Código 58

  • Código 52

  • Código 51

  • Código 50

  • Código 49

  • Código 46

  • Código 45

  • Código 44

  • Código 43

  • Código 42

  • Você está em
  • » Home
  • » Categoria: Outros Assuntos

O SERÃO, O CORONEL E O MENINO DE OURO - DESBRAVADORES

Autor: ELIAS BERNARDES MILAGRE

Caríssimos e amáveis leitores, a todos vocês, quero simplesmente dar conhecimento de que a narrativa deste livro foi feita sem a introdução de violência, de crime de repercussão, apenas um caso na pág. 62, somente para ilustrar...

desse modo, este trabalho foi desenvolvido sem colocar atos de violência, como demonstração clara de que podemos viver em paz, em harmonia com tudo, crescer e vencer materialmente, espiritualmente com dedicação, persistência e muito trabalho, respeitando o proximo e a natureza de todas as formas, conduzindo, assim, de maneira saudável, para ter uma vida longa, segura, no dia-a-dia, entre os serres humanos.

Conhecedor da vida, das violências, como Delegado de Polícia, aposentado, trabalhei trinta e dois anos lidando com pessoas de todas as espécies. Na parte do crime, enojei-me e repudio com veemência, por isso, não citei nestre trabalho em nenhum momento um fato, a não ser aquele em epígrafe, quando na oportunidade, poderia ter acrecentado inúmeros casos de violência no corpo desta narrativa, ilustrando, sobejamente, com alguns imapctos. contudo, foi feito de uma maneira para atingir a pretensão desejada que era a não-violência, apesar de que, todo o texto foi escrito com o enredo do século XIX.

assim, então, deixo esta observação a critério dos caríssimos e abnegados leitores.

Para efetivação da compra, é necessário que se preencha o formulário corretamente!

Atenção

Após o preenchimento e envio do formulário, o pedido será enviado preferencialmente via Reembolso Postal”.!

Veja mais

Localize

Categorias