(11) 2605-9302 / 3486-4872


  • Código 689

  • Código 688

  • Código 687

  • Código 674

  • Código 638

  • Código 574

  • Código 573

  • Código 569

  • Código 541

  • Código 540

  • Código 535

  • Código 532

  • Código 530

  • Código 528

  • Código 521

  • Código 517

  • Código 516

  • Código 513

  • Código 512

  • Código 511

  • Código 510

  • Código 504

  • Código 503

  • Código 501

  • Código 500

  • Código 471

  • Código 457

  • Código 456

  • Código 442

  • Código 440

  • Código 441

  • Código 439

  • Código 271

  • Código 270

  • Código 213

  • Código 214

  • Código 212

  • Código 211

  • Código 209

  • Código 208

  • Código 206

  • Código 205

  • Código 202

  • Código 200

  • Código 198

  • Código 196

  • Código 194

  • Código 184

  • Código 185

  • Código 183

  • Código 182

  • Código 181

  • Código 180

  • Código 179

  • Código 93

  • Código 92

  • Código 87

  • Código 86

  • Código 84

  • Código 81

  • Código 77

  • Código 76

  • Código 75

  • Código 74

  • Código 73

  • Código 71

  • Código 63

  • Código 62

  • Código 61

  • Código 60

  • Código 59

  • Código 58

  • Código 52

  • Código 51

  • Código 50

  • Código 49

  • Código 46

  • Código 45

  • Código 44

  • Código 43

  • Código 42

  • Você está em
  • » Home
  • » Categoria: Lista Geral de Livros

HISTÓRIA DA LITERATURA BRASILEIRA

Autor: MASSAUD MOISÉS

Situando-se aproximadamente entre 1893 - ano em que Cruz e sousa publica Broquéis e Missal - e 1922, quando a "Semana de Arte Moderna" abre novo ciclo cultural, o movimento simbolista identifica-se, acima de tudo, por sua complexidade.

Ao mesmo tempo em que pode ser considerado etapa avançada da visão de mundo inaugurada pelos românticos, é neçe que devemos buscar, graças à liberdade criadora que preconizava, as raízes de nosso Modernismo.

A despeito do alarido que levantaram, as propostas simbolista se revelaram impotentes paa deter a marcha do realismo, com suas ramificações naturalistas e parnasianas, de onde Realismo e simbolismo constituírem estéticas comtemporâneas, paralelas e interinfluentes.

A partir de 1902 - quando vieram a público o Canaã, de Graça Aranha, Os Sertões, de euclides da cunha, e a segunda edição da História da Literatura Brasileira, de Silvio Romero - essa miscigenação tornou-se intensa, configurando o período que alguns historiadores denominam de Pré-modernismo e que o Autor prefere rotular de Belle Époque, anos culturalmente densos, interregno entre o século XIX agonizante e o despontar da modernidade, em que o ímpeto simbolista, vulnerável às novas idéias, perde nitidez e força.

Estudando os autores que mais se destacaram durante essa época, das mais representativas da nossa evolução literária, Mssaud Moisés - professor titular da Universidade de São Paulo - guia o leitor com segurança pelos intrincados meandros das diversas tendências que constituem o nosso Simbolismo, o completa, assim, mais uma etapa do amplo panorama que vem traçando da História da Literatura do Brasil, de que já se publicaram os volumes dedicados à Origens, Barroco e Arcadismo (vol I), ao romantismo (vol II) e ao Realismo (vol III).

Para efetivação da compra, é necessário que se preencha o formulário corretamente!

Atenção

Após o preenchimento e envio do formulário, o pedido será enviado preferencialmente via Reembolso Postal”.!

Veja mais

Localize

Categorias