(11) 2605-9302 / 3486-4872


  • Código 689

  • Código 688

  • Código 687

  • Código 674

  • Código 638

  • Código 574

  • Código 573

  • Código 569

  • Código 541

  • Código 540

  • Código 535

  • Código 532

  • Código 530

  • Código 528

  • Código 521

  • Código 517

  • Código 516

  • Código 513

  • Código 512

  • Código 511

  • Código 510

  • Código 504

  • Código 503

  • Código 501

  • Código 500

  • Código 471

  • Código 457

  • Código 456

  • Código 442

  • Código 440

  • Código 441

  • Código 439

  • Código 271

  • Código 270

  • Código 213

  • Código 214

  • Código 212

  • Código 211

  • Código 209

  • Código 208

  • Código 206

  • Código 205

  • Código 202

  • Código 200

  • Código 198

  • Código 196

  • Código 194

  • Código 184

  • Código 185

  • Código 183

  • Código 182

  • Código 181

  • Código 180

  • Código 179

  • Código 93

  • Código 92

  • Código 87

  • Código 86

  • Código 84

  • Código 81

  • Código 77

  • Código 76

  • Código 75

  • Código 74

  • Código 73

  • Código 71

  • Código 63

  • Código 62

  • Código 61

  • Código 60

  • Código 59

  • Código 58

  • Código 52

  • Código 51

  • Código 50

  • Código 49

  • Código 46

  • Código 45

  • Código 44

  • Código 43

  • Código 42

  • Você está em
  • » Home
  • » Categoria: Outros Assuntos

OS PIRATAS E A FROTA TEMPLÁRIA PERDIDA - O SEGREDO DE CRISTÓVÃO COLOMBO

Autor: DAVID HATCHER CHILDRESS

Quando os Templários foram exterminados em 1307, sua enorme frota desapareceu da base em La Rochelle. Uma pergunta, porém, atravessa os mares: o que aconteceu com os navios e com o famoso tesouro dos Templários? David Harcher Childress afirma que parte da frota se transformou nos primeiros navios piratas a hastear bandeiras com a figura da caveira e os ossos cruzados, saqueando no Mediterrâneo e, mais tarde, atacando os navios do Vaticano que vinham dos ricos portos das Américas.

Outra parte dela teria fugido para os profundos fiordes da Escócia e submeteu-se ao comando da família St. Clair (Sinclair) de Rosslyn - os precursores de uma noca Ordem maçônica, na visão do autor.

E quanto ao Cristóvão Colombo? Seria ele, na verdade, um judeu de origem espanhola que já possui mapas templários do Novo Mundo antes mesmo de começar a navegar? Ou seria um pirata? Descubra tudo isso nas páginas de Os piratas e a Frota Templária Perdida, que trata, ainda, dos seguintes temas: dez mil anos de navegação; os Templários e os Assassinos; a esquadra fenícia do Rei Salomão; a origem dos piratas; rivalidade entre os Cavaleiros Templários e os Cavaleiros de Malta; piratas - guardiões do Sangreal; maçons, corsários e a construção do Novo Mundo. A história que abrange o mundo dos piratas e dos Templários é tão envolvente que tem servido de mote até mesmo pra os cineastas da atualidade em suas produções artísticas.

Para efetivação da compra, é necessário que se preencha o formulário corretamente!

Atenção

Após o preenchimento e envio do formulário, o pedido será enviado preferencialmente via Reembolso Postal”.!

Veja mais

Localize

Categorias